Publicado por Ana Farias em 11.maio.2014

Feliz Dia das Mães

Selena Gomez Gets A Visit From Her New Baby Sister During Her Lunch Break

Para a nossa Mandy, porque um verdadeiro Selenator sempre será grato a ela. Não só por ela ser mãe da Selena, mas por ela ser a maior responsável pela personalidade dela. Somos fãs da pessoa, mas também somos fãs das suas ações. E nesses anos de trabalho voluntário Selenator aprendemos e convivemos com muitas mães, cada uma especial ao seu jeito. Da sua maneira.

Temos as mães que largam tudo e encaram uma nova vida pelos seus filhos. Seja por oportunidades novas, seja por auxílio. É o começar de novo, uma versão real de “uma luz no fim do túnel”. Temos os pais que muitas vezes fazem o papel de mãe. Antigamente não era algo comum, mas no mundo globalizado de hoje é. Muitos acabam passando mais tempo com os filhos(as), o que traz uma confiança e uma troca de experiência maior. Se citamos globalização, precisamos citar que hoje ainda encontramos aqueles que são educados por duas mães. Em qualquer dos casos citados, há um sentimento maior: AMOR.

Aprendemos ainda que esse amor pode vir por várias mulheres, ou homens, e de todas as idades. Aprendemos que esse amor pode existir e crescer em uma instituição. Porque a palavra usada hoje é mãe, mas muitos exercem essa função e não recebem esse nome. Por isso é válido agradecermos todas as pessoas que em algum momento da vida atuam como mãe. Não só hoje, mas TODOS OS DIAS. É esse amor que está sempre presente na mulher, ainda que ele não transpareça com facilidade. É esse amor que traz sacrifícios, sorrisos e pode até gerar desentendimentos. É ele no entanto que cria um elo para toda uma vida. Porque não importa quanto tempo passe, quantas coisas aconteçam… no final ele está ali, intacto.

Vale ainda destacar o amor de mãe que agregamos ao longo da vida. Seja o da mãe de uma amiga que mora longe, aquela que você cria um amor conhecendo ou não só por saber das histórias. Ou o da mãe da sua melhor amiga que te considera da família e disputa sua atenção e presença nos feriados. Ou da sua amiga que, mesmo não sendo mãe ainda, age como se fosse uma para você.

DEIXE SEU COMENTÁRIO