unicef

Continuando nosso assunto sobre as inovações que as crianças e jovens de hoje podem trazer para o nosso mundo. Hoje postamos a segunda parte da matéria do UNICEF.

Brasil

O UNICEF vem priorizando inovações por meio de sua rede composta por mais de 190 países, criando centros de interesse em todas as partes do mundo, incluindo Afeganistão, Chile, Kosovo, Uganda e Zâmbia, para fomentar novas formas de pensar, trabalhar e colaborar com parceiros e para estimulando talentos locais.

Em seu artigo no relatório Situação Mundial da Infância, a vice-diretora executiva do UNICEF Yoka Brandt cita o aplicativo para smartphones e tablets Proteja Brasil como um bom exemplo das inovações que vêm aumentando a conscientização da sociedade em relação ao enfrentamento da violência contra crianças e adolescentes.

Outra inovação do Brasil apresentada no relatório do UNICEF é o trabalho com a plataforma Vojo, que vem beneficiando comunidades mais vulneráveis, como os quilombolas da Ilha da Maré, na Bahia. O cofundador do Instituto Mídia Étnica Paulo Rogério Nunes explica em seu artigo como essa plataforma de código aberto está ajudando muito adolescentes e jovens que não têm acesso a computadores, smartphones ou tablets a atuar como jornalistas cidadãos, aumentando sua visibilidade e ampliando sua voz.

Além do app Proteja Brasil e da plataforma Vojo – apresentados no relatório Situação Mundial da Infância 2015 –, outras iniciativas inovadoras vêm ajudando a transformar a vida de crianças e adolescentes no País. Desde 2011, o Mapeamento Digital de Riscos Socioambientais Liderado por Adolescentes e Jovens oferece uma oportunidade para que meninas e meninos conheçam melhor o ambiente em que vivem. A tecnologia, desenvolvida pelo PublicLab em parceria com o UNICEF, consiste em utilizar um aplicativo de celular que permite registrar fotos georreferenciadas. Para registrar fotos aéreas do bairro, os adolescentes e jovens usam câmeras fotográficas acopladas em uma pipa criada para essa finalidade.

Thainara Ribeiro, de 15 anos, participou da oficina do Mapeamento Digital em Manaus, em outubro deste ano, e se empolgou com a ideia de poder mudar muitas coisas em sua comunidade. “Aprendi que, sim, nós os adolescentes podemos ser a grande diferença na nossa sociedade com ideias inovadoras podemos construir um mundo melhor”, disse a jovem.

O resumo executivo do relatório Situação Mundial da Infância 2015 está disponível em português na biblioteca virtual do UNICEF no Brasil.

Para acessar o relatório na íntegra (disponível em inglês): http://sowc2015.unicef.org

Para compartilhar suas ideias e inovações: http://sowc2015.unicef.org/your-innovations/

Ana Farias postou isto no dia 06 de dezembro de 2014.


Comentários
Design e programação: Isabella Sivic & Danielle Cabral