siria-doe

Hoje é para compartilhar uma história. Relembrar outra. E o melhor, adiantar uma que virá… em JULHO!

Selenator que é Selenator lembra das vezes que a Selena compartilhou com a gente sobre meninas que arrecadaram dinheiro para uma campanha do UNICEF, lembram?? O caso que campartilhamos com vocês aqui hoje é parecido. Dessa vez, o personagem principal é um menino, e a causa: melhorar a a realidade dos deficientes visuais do Brasil.

“Não sabendo que era impossível, ele foi lá e fez.” Talvez a frase do poeta francês Jean Cocteau possa ser usada para definir a história do pequeno Alejandro Cuan Tichauer. Com apenas oito anos, o menino de São Paulo colocou na cabeça que iria ajudar a melhorar a realidade dos deficientes visuais do Brasil – e conseguiu (até mais do que esperava).

Tudo começou quando Alejandro assistiu, no colégio onde estuda, a uma palestra da Associação Brasileira de Assistência à Pessoa com Deficiência Visual (Laramara). Os especialistas falaram a respeito das dificuldades que as pessoas cegas enfrentam no dia a dia e despertaram em Alejandro a vontade de ajudar.

Determinado, o menino colocou na cabeça que iria comprar uma Máquina Braille para doar à entidade. Como? Ele escreveu cartas pedindo ajuda financeira para sua causa e distribuiu, pessoalmente, os bilhetes para vizinhos, colegas do colégio, professores e amigos dos pais.

Como resultado, Alejandro arrecadou bem mais do que o dinheiro necessário para comprar uma Máquina Braille. Com os R$ 5.010,00 que juntou, ele conseguiu comprar dois equipamentos desse tipo, além de 25 bengalas. Todo o material já foi doado à Laramara e ajudou a melhorar a situação de dezenas de deficientes visuais. Não sabendo que era impossível, ele (um menino de oito anos, vale lembrar) foi lá e fez! 

Fonte: Planeta Sustentável

Com essa história podemos adiantar o que será a nossa atividade de JULHO, aquela que iremos fazer em parceria com o Austin Mahone Brasil e esperamos poder contar com a ajuda de muitos Selenators. Podemos adiantar que será como um encontro de fãs e estaremos fazendo por aqui um movimento parecido com o que o UNICEF faz nos EUA, ou seja:

Vem ai… SOMOS A PRÓXIMA GERAÇÂO
#proximageracao

Ana Farias postou isto no dia 04 de maio de 2014.


Comentários
Design e programação: Isabella Sivic & Danielle Cabral