Publicado por Ana Farias em 30.jan.2018

Sociedade Invisível

O Globo de ouro de 2018 foi espetacular! Desde a premiação em si ao movimento das MULHERES que vestiram, literalmente, o preto para apoiar uma causa.

Enquanto alguns diziam “roupa não salva ninguém” ou “até parece que isso muda alguma coisa”, elas estavam lá dando suas vozes e imagens para o mundo e dizendo: VAMOS NOS APOIAR. Algumas sabiam da importância desse apoio, pois passaram por uma situação de assédio ou tiveram casos muito próximos. Outras, simplesmente quiseram apoiar e dizer BASTA de silêncio.

Vale ressaltar que, a maioria das pessoas que estavam questionando o porquê de fazer algo “bobo”, todas aquelas mulheres de preto, são pessoas que vestem o INVISÍVEL todos os dias e que fecham os olhos para todas as injustiças que veem no seu dia a dia.
O que você escolhe pra vestir nesse ano de 2018?

Nós escolhemos vestir a camisa do respeito… e com isso vem a justiça e a empatia. Não importa se a causa nos atinge direta ou indiretamente, se é algo que vá ajudar a sociedade, nós estamos apoiando e defendendo. Milhares de telespectadores devem ter parado pra pensar sobre ASSÉDIO de maneira diferente. Afinal, não parecia tão sério quando o assunto não estava nessa proporção.

E aí a gente pergunta: Será que realmente fazer barulho e gerar curiosidade não faz diferença? Quantas mulheres e jovens (ou até mesmo meninos e homens) que estavam assistindo a premiação, não se identificaram com aquelas falas? Desde o momento em que a bomba Hollywoodiana explodiu, quantas vítimas tem tido coragem e revelado seus segredos? Será mesmo que ainda sim duvidam do potencial de um movimento? Toda luta justa vale a pena. Seguimos a vante, seguimos confiante!

Comece o seu 2018 usando sua voz para a mudança.

– Mich

DEIXE SEU COMENTÁRIO