bikeeee

Se você não enfrenta engarrafamento em algum momento do seu dia, sinta-se um privilegiado. Essa é a triste realidade da globalização que as grandes cidades enfrentam, cidades como o Rio e São Paulo, enfrentam um trânsito cada vez mais caótico. Em determinados horários se locomover é algo realmente complicado, procurar uma vaga para estacionar é outro dilema. Por isso há tantos projetos incentivando o transporte coletivo, ou mesmo propondo carona. Veículos carregando uma pessoa, quando poderiam levar pelo menos quatro são os maiores problemas quando o assunto é melhorar o trânsito das cidades!

Aos poucos nossas cidades estão implantando malhas de ciclovias, oferecendo formas segura para que esse transporte seja utilizado por toda a população. Principalmente para aqueles que fazem trajetos mais curtos. A preocupação é criar leis que tornem esse transporte seguro, é fazer com que os motoristas e ciclistas entendam e respeitem cada um o seu espaço. Só assim acidentes serão evitados. É importante que exista uma distância entre as bicicletas e os veículos; e não distância miníma, mas uma distância SEGURA.

Por isso dizemos que para incentivar o uso das bicicletas as cidades precisam de uma melhor distribuição da infraestrutura. É preciso mostrar a importância do limite de velocidade, criar uma sinalização melhor, especialmente nos cruzamentos. Bicicletas como meio de transporte ainda não é hábito, mas aos pouco pode ser. Só precisamos ter consciência e transmitir essa consciência. Os protestos que aconteceram no país que começaram pelo valor pago nas passagens mostrou que toda a movimentação era muito além dos 0,20. Alguns entenderam, outros não. As bicicletas são vistas como uma alternativa para os caminhos já saturados das grandes cidades do país.

Estudos mostram que o Brasil ainda tem potencial para ver o número de ciclistas aumentar muito, desde que dados incentivo e infraestrutura. A grande questão não é só incentivar o uso das bikes e a redução do uso dos carros, é preciso uma infraestrutura que suporte o grande número de bicicletas nas ruas. Caso contrário, apenas estaremos mudando o veículo que causa o engarrafamento..

Ana Farias postou isto no dia 26 de dezembro de 2013.


Comentários
Design e programação: Isabella Sivic & Danielle Cabral