SOMOS-PARTE-SITE

Fechamos os depoimentos de Novembro do “Somos Parte” com esse texto lindo que recebemos por email. Obrigada Leo por acreditar na gente e nos permitir compartilhá-lo.

“Em um simples post eu venho trazer um breve recado pra todos vocês e inclusive, pra mim mesmo. Todas as pessoas têm um, dois, ou até mais pontos fracos em sua personalidade, e às vezes brincar com um dos mesmos pode afetar o indivíduo com uma dor cuja intensidade não é imaginada. A vários meses eu venho refletindo e pensando muito sobre minha vida, sobre minha personalidade e sobre quem eu realmente sou. Minha conclusão? Nenhuma concreta que faça muita diferença. Todos nós somos humanos, cometemos erros e aprendemos com eles, mas e se não houvesse uma segunda chance? O que faríamos? Dentro desse contexto, uma segunda chance é possível porque nós mesmos nos oferecemos um caminho para recomeçar e pensar em tudo aquilo que nos deixam aflitos.

Já aprendi muito com meus erros, mas isso não foi o suficiente, todos nós devemos ter consciência de que nunca erraremos o suficiente pra poder sermos perfeitos ou dominar o feito da exatidão, apenas devemos nos lembrar de que erros servem para aumentar nossa coragem e vontade de recomeçar tudo de novo sem cometer o mesmo erro. Não gosto muito de falar sobre meus problemas e não vou, mas sempre se lembrem de que por trás de um sorriso e um caráter extrovertido pode haver uma tristeza e solidão imperceptível. Por isso, sempre lembrem-se de que todas as pessoas passam por dificuldades e nem por isso as compartilham, o respeito pelo próximo é algo que nunca se deve deixar de fornecer.

No mundo em que vivemos, muitas coisas e sentimentos são muito superficiais e acabam nos dando a impressão de que são profundos, porém é preciso vontade para poder enxergar que nada é o que parece ser. Não sou perfeito e muito menos o tipo de pessoa que pode sair julgando outras pessoas, eu errei muitas vezes e em algumas vezes errei feio. Mas eu sempre tentei enxergar um novo caminho pra poder recomeçar e fazer tudo de novo sem repetir os mesmos erros. Tenham em mente de que espalhar o amor e a esperança é algo que pode fazer a maior diferença para uma pessoa que não demonstra necessidade dos mesmos, porque a verdade é que não é necessário demonstrar, todos gostamos de receber encorajamentos e apoio. Nunca se esqueçam disso.”

Ana Farias postou isto no dia 28 de novembro de 2014.


Comentários
Design e programação: Isabella Sivic & Danielle Cabral