banneraninha

Todo mundo tem algum bicho de estimação. A maioria escolhe cachorro, mas todo bichinho que escolhemos para morar com a gente se torna parte da família, certo? Às vezes nosso companheiro é mais família do que aqueles parentes que só aparecem quando precisam de algo, ou no Natal cobrando presente. (Pra falar bem a verdade)

Hoje compartilhamos a história de um menino e seu amigo cão. Todo mundo admira a companhia e a lealdade de um cão, mas são com as crianças que muitos cães encontram suas grandes amizades. Por isso, acreditamos que a dor maior ali é deles. Não tem perda maior para uma criança do que a morte do seu fiel escudeiro. É duro. É triste… mas quando esse garoto de 6 anos descobriu que seu amigão (de 10 anos) estava indo para o céu ele não se comportou como uma criança de sua idade provavelmente faria. Acompanhe a história.

O relato é do veterinário que atendeu a família formada por Ron, sua esposa Lisa e seu pequeno filho Shane de 6 anos.

Eles levaram o cachorro da família da raça wolfhound irlandês chamado Belker para ser examinado com a esperança de um milagre. Infelizmente o veterinário descobriu que Belker estava morrendo de câncer. Ron e Lisa entenderam que o melhor seria fazer o procedimento de eutanásia na casa deles e queriam que o pequeno Shane visse tudo para aprender algo com essa experiência. Aquele sentimento de nó na garganta era evidente no rosto de todos, menos de Shane que parecia calmo enquanto acariciava seu cachorro pela última vez.

Alguns minutos depois Belker se foi. O pequeno garoto parecia aceitar a partida do seu companheiro sem nenhuma dificuldade. Foi quando o veterinário e os pais de Shane começaram a conversar sobre o fato dos cães viverem menos que os humanos. O garoto que ouvia silenciosamente disse: “Eu sei o motivo”. Ele continuou: “As pessoas nascem para que aprendam a viver uma boa vida, como amar alguém o tempo inteiro e ser legal, certo? Bem, cachorros já sabem como fazer isso, então eles não têm que ficar tanto tempo como nós”.

Fonte – AWEBIC

Ana Farias postou isto no dia 20 de junho de 2014.


Comentários
Design e programação: Isabella Sivic & Danielle Cabral