hospital

A gente já postou sobre eles faz um tempinho, quando divulgamos o projeto “Vôos Contra o Câncer” e hoje viemos aqui para relembrar o trabalho do Hospital do Câncer de Barretos de uma forma geral. Uma das áreas que merece destaque é o trabalho de prevenção, um departamento não para de crescer. Mesmo iniciando suas atividades com uma bicicleta, hoje o Departamento de Prevenção conta com cinco carretas, um ônibus e três unidades fixas. Os planos são até o final de 2015 realizar a construção de mais novos pólos de prevenção no interior do país. Todos esses novos centros realizarão rastreamento organizado para o câncer de mama e colo do útero, além de rastreamento do câncer de próstata e tratamento precoce do câncer de pele. Como característica deste serviço, todas as cinco unidades fixas de prevenção contarão com uma unidade móvel cada. Já entendemos, nesse curto período de trabalho por aqui, que se há diagnóstico precoce, há aumento das chances de cura.

Com o diagnóstico confirmado, o seu médico irá discutir as melhores opções de tratamento, que podem ser: cirurgia, indicada principalmente quando o tumor está em estágio inicial e em condições favoráveis para sua retirada; quimioterapia, que tem o objetivo de destruir, controlar ou inibir o crescimento das células doentes; radioterapia, que é o mais utilizado para tumores localizados que não podem ser retirados por cirurgia, ou para tumores que costumam retornar ao mesmo local após a cirurgia; e hormonioterapia, que tem como objetivo impedir a ação dos hormônios que fazem as células cancerígenas crescerem. Dependendo do tipo de câncer e do estágio da doença, o médico pode sugerir um tipo de tratamento, ou uma combinação de duas ou mais.

Além do tratamento, há projetos paralelos que auxiliam o tratamento dos pacientes e de certa forma amenizam “algumas dores do câncer” e proporcionam o apoio que não só os pacientes, mas também os trabalhadores do hospital necessitam. Um exemplo, o hospital oferece o Centro de Educação Infantil para todos que possuem filhos em idade de freqüentar o local. Há também um sistema de alojamentos. O Hospital de Câncer de Barretos mantém, através de doações e trabalho voluntário, 13 alojamentos: dois deles são infantis com capacidade para acolher um total de 650 pacientes em tratamento, provenientes das mais diversas cidades brasileiras. Uma casa fora de casa, porque os alojamentos abrigam os pacientes oriundos de suas cidades, que não possuem condições financeiras de se hospedar na rede hoteleira.

Quer conhecer mais a fundo todo esse lindo trabalho, visite o site. Que ajudar mesmo não morando em Barretos ou em São Paulo, saiba como funciona o sistema de doação deles. Há diversas formas e pode ser qualquer valor!!

Ana Farias postou isto no dia 25 de novembro de 2014.


Comentários
Design e programação: Isabella Sivic & Danielle Cabral