especial-apropriacao

Selena lançou CAGI, e sem imaginar ‘causou polêmica’. Selena foi visitar Dubai e ocasionalmente ‘causou polêmica’ de novo. Como muita gente ainda não está entendendo o porquê de tudo isso resolvemos explicar melhor, e aproveitar para entender melhor toda essa situação também. Vocês sabem o que é Apropriação Cultural? Porvavelmente poucos sabem, é um assunto pouco debatido então achamos importante trazer esse tema ao nosso site, afinal, pregamos respeito ao próximo e esse especial trata exatamente do respeito às tradições/crenças/costumes dos outros. 

A famosa Apropriação Cultural nada mais é que adotar características de grupos culturais os quais você não pertence. O que é comum quando visitamos locais ou representamos personagens em festas, pro exemplo. Infelizmente, existem alguns tipos de apropriações lidas como negativas e/ou ofensivas pelo grupo que teve sua cultura apropriada.

Não há nada de errado em admirar outras culturas, e quem sabe até, homenageá-la, com uma tatuagem ou um artigo da moda, mas há de se considerar todo o peso histórico daquilo que se carrega na apropriação. Experimentar a culinária de um país que você considere interessante é sempre um ótimo programa, mas será que aquele prato não é considerado sagrado ou exige algum ritual para degustação? Se não procuramos, não iremos ter esse conhecimento nunca.

Um exemplo: usar um cocar indígena parece inofensivo, mas certamente você não sabe que utilizar apenas por mera vaidade ou diversão equivale a ofender e desrespeitar uma cultura que foi explorada, dizimada e oprimida ao longo dos séculos – na visão de quem realmente usa o cocar como um símbolo sagrado, respeitando toda a ideologia por trás do artefato – então esse é um caso de apropriação cultural negativa e completamente desnecessária.

Muitas pessoas anônimas, como eu, ou você que está lendo cometem apropriações culturais de vez em quando, até os famosos já sofreram por terem feito alguma apropriação cultura. Ainda encontramos os que acabam por ofender outras culturas. Mas a grande questão que envolva cultura e costumes é enxergar o erro e evitar cometê-lo novamente. Respeito nunca é demais, é bom e todos nós gostamos. Qualquer maneira que temos de evitar sermos ofensivos e faltar com respeito à qualquer outro ser humano deve ser propagada e qualquer tipo de apropriação cultural negativa deve ser imediatamente desconstruída.

Edgar Müller postou isto no dia 06 de janeiro de 2015.


Comentários
Design e programação: Isabella Sivic & Danielle Cabral