Publicado por Ana Farias em 03.abr.2018

É preciso acreditar, para mudar

Ai você está em um dos seus portais favoritos e lê “garotinho protege a irmã” e claro a imagem te choca…

Essas fotos da Síria são sempre um ‘soco no estômago’ e faz a gente pensar até quando a gente vai continuar vendo essas cenas? Os governos não mostram interesse em terminar com toda essa confusão, os governantes externos menos. Atitudes que só reforçam nosso pensamento de que as coisas seguem como estão por serem lucrativas.

Essa violência na Síria já acontece desde muitos anos e provável muitos jovens adultos hoje tenham entrado para esse ‘exército’ sem escolha, outros não sabem o que seria viver em um território mais colorido e sem estrondos por todos os lados. Qual o problema disso? Como não se conhece uma realidade diferente as novas gerações já acreditam ser normal essas situações.

Tem muito tempo, muito mesmo, a gente postou um vídeo aqui explicando como começou a guerra por lá, vamos colocar de novo para vocês relembrarem e deixamos a pergunta… vocês acham que se você parar os guerrilheiros eles vão te responder a resposta explicada nesse vídeo? Provável que não.

O mundo hoje alimenta essas regiões por interesse de terceiros, por terceiros leia-se: políticos, indústria bélica e laboratórios farmacêuticos, por exemplo. A grande questão disso tudo, aquele que já nasce ali em uma situação de pouco recurso e/ou assistência tende a permanecer. Os que buscam modificar essas realidades ainda são poucos, e ainda sofrem com quem não acredita ser possível melhorias atravancando ações que podem sim melhorar minimamente a qualidade de vida dessas minorias.

O que a gente quer dizer com isso?
Nossas ações pelo Rio de Janeiro são pequenas? São. A gente parou por causa disso? Não. E nem vamos na verdade. Afinal, se tem uma coisa que aprendemos nessa jornada e sendo fã da Selena, pequenas coisas podem influenciar outros e pensando isso em rede, conseguimos amenizar pontos negativos da nossa sociedade e é para isso que estamos aqui.

Não precisamos abraçar o mundo para conseguir mudanças, se acreditarmos que as nossas mudanças de atitudes podem impactar o mundo, aos poucos influenciamos outras pessoas e assim, em conjunto, impactamos de forma mais visível. Pensem nisso, não é quanto fazemos, mas como. A Selena não se descobriu como a pessoa que é quando começou a cantar, ela ainda está se descobrindo e o mesmo acontece com você, com a gente. Você pode ter diferentes formas de contribuir com mudanças e melhorias, mas quando descobrir qual é a sua luz, vai lutar para que ela seja uma verdade! Para que ela aconteça e seja vista ♥

Só não deixe que as minorias sejam para sempre uma indiferença aos seus olhos.

Mude, para que quem está ao seu lado mude também!

DEIXE SEU COMENTÁRIO