disputa

Essa semana o nosso assunto foi sustentabilidade, falamos muito sobre MUDANÇAS DE HÁBITOS e quanto essas mudanças podem mudar para melhor o planeta em que vivemos! Quando escolhemos um assunto para debater com vocês durante a semana sempre fazemos algumas pesquisas, se na semana passada o post que mais nos empolgou foi o da dissertação do irmão saudável – PALAVRAS DOURADAS, essa semana acreditamos que o post de hoje merece destaque na semana.

Acho que todos aqui já participaram de algum tipo de competição, certo? Na escola, seja em feiras culturais ou atividades relacionadas à esportes. Quando a Selena começou no Disney Channel acompanhamos a sua participação no DC Games. Agora, já imaginaram uma competição saudável para incentivar mudanças de hábito? Isso aconteceu em São Paulo, moradores de 90 casas residenciais da cidade de São Roque, no interior de São Paulo, viveram na pele essa experiência. Eles se inscreverem para participar da Disputa de Casas, iniciativa que desafia a população a economizar água.

Toda essa brincadeira convidou os moradores de São Roque a poupar a maior quantidade possível de água, durante os meses de julho e agosto. Os moradores que conseguissem diminuir a média de consumo do recurso na residência, ganhava a competição. Sabemos que reduzir o consumo é fácil, basta força de vontade e muita atenção. Se os membros de uma casa reduzem o tempo que levam no banho, se passam a lavar o carro com balde e não com mangueira, se optam por varrer no lugar de lavar o quintal e outras dependências da casa, por exemplo, já é possível uma economia.

Muita gente saiu vitoriosa: 81% dos participantes reduziram a pegada hídrica de suas casas, em comparação com o ano anterior. Juntos, eles conseguiram economizar 780 mil litros de água – quantidade suficiente para suprir o consumo das 90 residências por 2,5 anos, de acordo com os organizadores da brincadeira.

O melhor de competições desse tipo não é conhecer o vencedor e sim ter a consciência de que muitos moradores saem dessa competição mais conscientes a respeito da importância de economizar água e determinados a adotar, definitivamente, os novos hábitos de consumo. Isso acontece porque durante o processo da disputa, todos sem perceber passaram por um processo de reeducação quanto ao uso da água. Em 2012, moradores e funcionários de prédios do bairro de Moema, em São Paulo, passaram por uma experiência parecida: a Disputa de Condomínios, que conseguiu economizar 2 milhões de litros de água. Para 2014, os planos são levar a Disputa de Casas para a capital paulista e, ainda, lançar a Disputa de Colégios.

FONTE.

Ana Farias postou isto no dia 30 de novembro de 2013.


Comentários
Design e programação: Isabella Sivic & Danielle Cabral