O diário de hoje é para dividir uma felicidade. Um sorriso único. A liberdade de ter uma rotina de volta.

CASA RONALD McDONALD – RJ

Chegar ao plantão e ouvir “eu tenho uma novidade” é possivelmente a melhor notícia que pode acontecer. Quase tão boa quanto os abraços, os sorrisos e os agradecimentos que recebemos.

Já aprendi que nem sempre a palavra “controle” traz tranquilidade. No entanto, a frase “vou para casa” é capaz de produzir o que podemos dizer felicidade, mas também liberdade. É a tão esperada chance de estar com a família completa de novo. Retomar de onde pararam, é uma criança voltar à escola, a mãe ao trabalho. São novos sonhos tendo a possibilidade de sair do pensamento para a realidade.

É uma frase que irá trazer saudade aos voluntários e às amizades novas que foram conquistadas, mas é uma saudade boa. O tipo de saudade que existe porque algo deu certo, porque a esperança deixou de ser só uma palavra dita/sentida e se tornou real.

Acho que eu posso dizer que eu quero sentir por muito tempo, porque isso significa que pode até não ser uma cura, mas pode ser um tratamento em controle. E nesse momento a palavra CONTROLE passa a ser uma coisa boa!

Ana Farias postou isto no dia 05 de maio de 2014.


Comentários
Design e programação: Isabella Sivic & Danielle Cabral