water

Desde o início da campanha Tap Project 2014 que o assunto – ÁGUA – vem sendo recorrente aqui no site. Mas até então ainda não tínhamos lido nada sobre ações no Brasil. Ou sobre consequências da falta de acesso à água no Brasil. Mas na última semana, nossa equipe descobriu em algumas pesquisas online que as disputas por recursos hídricos no Brasil bateram mais um recorde histórico em 2013. Foram 93 conflitos por água no último ano, 17% a mais do que em 2012. Os dados são de levantamento feito pela Comissão Pastoral da Terra (CPT), órgão ligado à Igreja Católica, e foram obtidos com exclusividade pela BBC Brasil.

De acordo com o monitoramento, 19 Estados nacionais apresentaram disputas por recursos hídricos, sendo que Bahia (22,6%) e Rio de Janeiro (7,5%) foram os recordistas. Já se levarmos em conta as cinco regiões do país, Nordeste aparece como a área com mais conflitos: foram 37 casos registrados, contra 27 no Norte, que aparece em segundo lugar no ranking. Segundo a CPT, as disputas ocorrem por diferentes motivos. Entre eles:

– resistência à apropriação de recursos hídricos por parte de empresas mineradoras;
– rejeição à construção de barragens e açudes;
– disputas territoriais entre comunidades pobres e fazendas de agricultura e
– necessidade de preservação.

Em 2012, os conflitos por água já haviam sido 16% mais frequentes do que em 2011, o que aponta para uma tendência de crescimento anual. O relatório completo sobre as disputas hídricas no Brasil em 2013 será divulgado oficialmente pela CPT no mês de abril. Estamos aguardando, enquanto isso podemos melhorar a vida daqueles que lutam por acesso à água potável só deixando de usar o celular. Quem lembra?

Basta acessar o site do projeto pelo seu smartphone e, a cada dez minutos que você não usar o seu celular, o patrocinador fornecerá o equivalente a um dia de água potável para uma criança. Isso mesmo, nossa doação é não mexer em nosso telefone por 10 minutos, conseguimos isso, certo? O seu telefone deverá ficar em uma posição estável para que a contagem dos minutos se inicie. Você terá dez segundos para re-estabilizar o celular caso o dispositivo seja movido sem querer. Apenas 70 minutos são o suficiente para fornecer água potável para uma criança durante uma semana. Então deixamos aqui o desafio, que tal fazer isso todo dia, em momentos que vocês com certeza não podem mexer no celular?! Seja na hora de fazer a lição de casa, ou na hora do almoço ou jantar. Pensem, se gostarem da ideia… compartilhem!

Visite o site do projeto pelo smartphone em: http://tap.unicefusa.org/

Ana Farias postou isto no dia 12 de abril de 2014.


Comentários
Design e programação: Isabella Sivic & Danielle Cabral