demi

Sempre procuramos instituições que pudessem transmitir alguns dos problemas enfrentados pela Demi, até que uma conversa com membros do Demi Lovato Brasil nos apresentou opções. Por isso hoje estamos aqui para compartilhar o trabalho da ABRATA. O trabalho deles começou em 1999 e nasceu do sonho de criar uma associação, sem fins lucrativos, voltada à necessidade de atender pessoas portadoras de transtornos do humor: a depressão e o transtorno bipolar assim como seus familiares e amigos.

A Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos – ABRATA, uma associação civil, sem fins lucrativos, que engloba representantes de diversas universidades e mantém parcerias com os mais variados segmentos sociais e profissionais. Sua sede é na cidade de São Paulo onde desenvolve múltiplas atividades, com recursos provenientes de contribuições dos associados, eventos de captação, parcerias e patrocínios de empresas. Todas as ações da Associação são coordenadas e desenvolvidas pelo corpo de voluntários.

O voluntariado, em qualquer instituição é um membro de vital importância, e na ABRATA não é diferente. A sua atuação é conduzida por trabalhos expressivos em prol de levar o conhecimento e a informação à sociedade sobre a natureza dos transtornos do humor, além de apoiar psicossocialmente os portadores de depressão, transtorno bipolar, seus familiares e amigos.

São objetivos da ABRATA conforme estabelecido em seu Estatuto:

A. Educar os portadores, familiares, profissionais de saúde mental e a sociedade como um todo, sobre a natureza e tratamento dos transtornos afetivos, buscando sempre reduzir o estigma e a discriminação da doença perante a coletividade.
B. Promover o amparo, proteção e estímulo aos pacientes e seus familiares.
C. Conscientizar os pacientes, familiares e a sociedade dos direitos dos portadores de transtornos afetivos.
D. Promover e realizar pesquisas na área.
E. Manter intercâmbio com associações nacionais e estrangeiras que tenham o mesmo objetivo social
F. Angariar fundos para realização dos propósitos da Associação.

Todo mundo que acompanha a Demi, mesmo que superficialmente, ou mesmo a Selena, sabe que o apoio que ela recebeu durante seu período de internação fou crucial para que ela melhorasse e voltasse a levar um vida tranquila.  Nunca tivemos a oportunidade de visitar nenhuma instituição que cuida de transtornos afetivos, mas se você tiver, visite. Faça a sua parte, você pode achar que não é muito, mas para os que estão ali em tratamento uma palavra de apoio pode mudar por completo a vida deles. Se você não tem possibilidade ou condições de visitar, pense em fazer uma doação, isso pode ajudar a levar educação e informação para mais de 10 milhões de brasileiros que sofrem de transtorno bipolar ou depressão crônica, além de seus familiares e amigos.

Por favor, considere fazer uma doação em honra de alguém, ainda hoje!
Cerca de 80% do apoio que a ABRATA recebe vem de pessoas como você!

Ana Farias postou isto no dia 29 de novembro de 2014.


Comentários
Design e programação: Isabella Sivic & Danielle Cabral