Selena Gomez Gets A Visit From Her New Baby Sister During Her Lunch Break

Continuando com os posts para recordar algumas das ações do UNICEF. Quantas crianças nascem todos os dias no mundo? MUITAS, certo?! Quantas delas chegam a possuir certidão de nascimento? Muitas, mas não todas. Nós sabemos, ter uma certidão de nascimento, ou registro civil de nascimento, é um DIREITO. Existem, mesmo que com tantos avanços, cerca de 600 mil crianças de até 10 anos não registradas, de acordo com o último Censo realizado em 2010. Concordam que é um número alto, certo?

Grande parte dessas crianças é indígena. Cerca de 32% da população indígena com até 10 anos de idade não possui registro, enquanto que a média nacional é 2%. Não ter certidão é como sder invisível. A consequência dessa invisibilidade… esses meninos e meninas acabam enfrentando muitas dificuldades para ter acesso aos serviços de saúde ou aos benefícios de programas sociais do governo. TUDO POR NÃO TEREM UMA PROVA LEGAL DO NOME E IDADE.

Os esforços e todo o trabalho realizado na “Semana do Bebê Indígena”, um dos projetos do UNICEF que busca o registro de crianças indígenas, fizeram com que pelo menos 153 pequenos tivessem o seu direito garantido, ou seja, saíram dali com suas certidões de nascimento nas mãos. Outras ações na área de saúde e educação também fizeram parte da programação, houve mutirão de vacinação e rodas de conversas com especialistas. A “Semana do Bebê” acaba funcionando como uma estratégia de mobilização social apoiada pelo UNICEF e tem como objetivo tornar o direito à sobrevivência e ao desenvolvimento de crianças de até 6 anos prioridade na agenda dos municípios brasileiros.

A disseminação da Semana do Bebê por todo o país reforça a importância do “Compromisso com a sobrevivência infantil: uma promessa renovada”, uma iniciativa do UNICEF e dos governos dos EUA, Índia e Etiópia, em apoio à estratégia Toda Mulher Toda Criança, da Assembleia Geral da ONU, lançada em 2010. Esse compromisso tem como objetivo acelerar os esforços dos governos e da sociedade de reduzir as mortes evitáveis de crianças de até 5 anos, com ênfase nos primeiros dias de vida. Já fizemos uma campanha de fotos apoiando o “FELIZ 5 ANOS”, uma das campanhas do UNICEF que tem esse mesmo objetivo e esse é nosso objetivo, e contamos com vocês Selenators para continuar divulgando projetos que a gente possa ser parte ainda que apenas online!

Fonte.

Ana Farias postou isto no dia 10 de dezembro de 2013.


Comentários
Design e programação: Isabella Sivic & Danielle Cabral