unicef-siria

A escala de crianças e famílias em risco na Síria está cada dia que passa mais catastrófica, mais de 4 milhões de crianças são afetadas brutalmente por conflitos, que já ocorrem há 3 anos. Na Síria 3,1 milhões de crianças estão em risco, os campos de refugiados que fazem fronteira com o país estão transbordando e o número registrado de crianças que fogem de toda essa violência já atingiu 1 milhão. Somando, isso é mais do que o combinado entre as Sub-18 Populações de Los Angeles e Boston.

Toda essa situação está a cada dia piorando e não há previsão de um fim. Os cortes de energia e escassez de oferta de alimentos entre outras coisas coloca em uma situação crítica mais ou menos 600.000 pessoas em Damasco e os seus bairros periféricos. Parceiros da UNICEF e as agências de ajuda locais estão relatando crescente contaminação da água e ainda não confirmado, um aumento da incidência de doenças infecciosas.

Nos dois últimos anos o UNICEF vem trabalhando para ajudar as crianças da Síria, tentando sempre que o futuro dessas crianças não seja destruído pelos constantes conflitos que a região enfrenta. Em trabalho conjunto com o “United Nations High Commissioner for Refugees”, o UNICEF ajudou a mobilizar o que hoje é a maior operação humanitária da história de apoio com alimentação, água, roupa e imunização para famílias e crianças da Síria e países vizinhos. Mais de 1,3 milhões de crianças da região foram vacinadas. Mais de 450,000 receberam aconselhamento, e nesta primavera (outono para eles), o UNICEF espera alcançar o número de 1,2 milhões de crianças em toda região com campanhas como “De volta à aprendizagem” (“Back to Learning”).

Para as crianças da Síria, o que está em jogo não é a política, e sim o seu futuro. Quando toda essa luta finalmente terminar… essas crianças serão saudáveis​​, educados e forte o suficiente para reconstruir as suas vidas? Essa é a pergunta que esperamos responder com um SIM. Junte-se ao UNICEF no seu trabalho para entregar cuidados de saúde, educação e outros serviços para essas crianças.

Faça Sua Doação AQUI

Fonte.

Ana Farias postou isto no dia 06 de setembro de 2013.


Comentários
Design e programação: Isabella Sivic & Danielle Cabral